Comportamento

Quer viajar o mundo? Seja um nômade digital!

maio 12, 2015


nomade digital


Nômade Digital é o termo usado pelo pessoal que trabalha enquanto viaja. E você deve imaginar que tem um montão de gente que tem o sonho de viver a vida viajando, e essa é uma ótima forma de conseguir fazer isso.

Você não precisa nascer rico ou ficar rico pra começar a viajar. Pra ter o dinheiro suficiente pra uma viagem, basta trabalhar e ir economizando até consegui-lo.

Mas se você é do tipo que ama viajar e fazer isso só uma vez por ano no período de férias é muito pouco pra você, talvez seja a hora de considerar mudar a forma como trabalha.

Sendo um nômade digital você poderá trabalhar enquanto viaja, atendendo clientes pelo computador ou prestando serviços na cidade em que estiver.

Mas as coisas não são super fáceis, porque você precisa ter o perfil pra isso: ser organizado e focado pra conseguir cumprir suas entregas entre um destino e outro. Se interessou? Então continue por aqui que vou explicar melhor como tudo isso funciona.


Como me tornar Nômade Digital?


Se você nunca ouviu a expressão nômade digital antes, vou te explicar agora: é a possibilidade de você trabalhar de onde quer que esteja, graças à tecnologia. Ou seja, é um estilo de vida e não um cargo de uma empresa, muito menos uma profissão na qual existe um curso na faculdade.

Pra ser um nômade digital, basta você gostar da ideia de trabalhar fora do escritório. Você pode conversar na sua empresa pra que exerça sua função remotamente ou se preferir, trabalhe por conta própria, sem chefe, uniforme e fofocas dos "coleguinhas" de trabalho. haha

Isso é fácil? Não, por alguns motivos. O primeiro deles é o perfil da pessoa e o quanto ela está disposta a se dedicar pra que esse estilo de vida dê certo.

Você precisa criar a sua rotina, determinando quantas horas precisa trabalhar por dia e como você fará pra entregar X projetos no mês pra alcançar o salário que deseja.

Atender muito bem um cliente é primordial pra que você o conquiste e continue sendo contratado e pra que ele te indique pra novos clientes, e assim você possa ir aumentando cada vez mais a sua renda.

Acho muito melhor conquistar um cliente pra ter aquele pagamento fixo ao final do mês do que viver constantemente em busca de novos projetos pra alcançar a renda que você deseja.

Você acha que consegue fazer isso? Se sim, tá dando um grande passo, porque qualquer pessoa pode se tornar um nômade digital, é só ter habilidade com algo pra prestar seus serviços.

Por exemplo, se você se formou em sistemas pra internet, pode fazer sites, se se formou em administração, pode prestar serviços de secretária virtual, se fez fotografia, pode vender suas fotos pra bancos de imagem, fazer ensaios e assim por diante.

Você também pode escrever seu próprio livro que será distribuído em livrarias, ou e-book com venda online, e até tirar renda de espaços publicitários no seu site.

Formação é tudo? Também não, pelo menos na minha opinião. Pra mim o mais importante é você ter o talento para desenvolver uma tarefa.

Caso você esteja se perguntado se eu sou uma nômade digital, eu não sou. Mas trabalho como redatora freelancer aqui na minha casa, produzindo conteúdo no meu notebook. Se quiser saber mais, contei nesse post aqui como meu trabalho funciona.


Dicas pra quem quer ser Nômade Digital


Gravei um vídeo pra contar um pouco sobre a minha transição de trabalho. Eu trabalhava na área administrativa em um escritório antes de ser redatora freelancer, blogueira e youtuber.

Nesse vídeo também dou mais dicas de como você pode dar seu primeiro passo pra viajar o mundo enquanto trabalha:



Um site muito grande e que chovem projetos (e consequentemente tem mais freelancers pra concorrer com você) é o Freelancer.com. A cada segundo você vê um projeto novo pulando na sua tela. Mas o site que eu mais uso e tenho mais projetos finalizados é o Workana.

Existem uma infinidade de outros sites desse tipo, é só você pesquisar na internet e escolher o que você mais gosta. Mas esse eu optei após meses de testes em vários sites e foi o que mais gostei, por ser bem estruturado e por não ter pessoas oferecendo pagamento de miséria em troca de um trabalho bem feito.

O que me leva a te dizer que no começo nada é fácil, mas depois que você conquistar o seu espaço no mercado, ter seus clientes e finalmente estar apto pra viajar o mundo, você tem que pensar no que é essencial para levar contigo.

Uma pessoa que vive viajando não tem uma casa para chamar de sua, portanto, nada de itens de decoração e nem um monte de roupas, sapatos e acessórios, porque você não vai poder ficar carregando essa infinidade de coisas.

O estilo de vida nômade digital também implica em desprendimento de bens materiais e de pessoas queridas como familiares e amigos próximos que você não verá mais com tanta frequência.

E aí você pode começar a pesquisar sobre o preço de aluguéis e como planejar cada uma de suas viagens

O que vocês acharam disso tudo? Já conheciam esse termo "nômade digital"?

Compartilhe esse post com aquela pessoa que gosta de viajar ou até com aquela pessoa que você quer levar contigo por esse mundão.

Pra acompanhar todas as postagens do blog é só seguir ele no Bloglovin' e pra acompanhar o que tô fazendo ou bater papo comigo, é só deixar um comentário nas fotos do Instagram ou do Facebook.

Veja também:

4 comentários

  1. Muito bom esse post, estou adorando o blog em geral, conteúdos de muita qualidade. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Amei o post muito interessante ,esta de parabéns,,

    ResponderExcluir
  3. QUERO MUITO SER UM NÔMADE DIGITAL.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! =)

Se inscreva no Canal