Cancun

CANCUN: Hotel Park Royal + Shoppings + Histórias com os Mexicanos

julho 21, 2014


Oii gente,

Hoje vou dar as dicas finais sobre a minha semana em Cancun, o resort "all inclusive" em que fiquei hospedada, os shoppings que frequentei e o que achei dos mexicanos.

Fiquei hospedada no resort Park Royal Cancun (preços aqui), um hotel com ótima infraestrutura e atendimento.

Park Royal Cancun
Fachada do hotel

A comida do restaurante é maravilhosa e os funcionários de lá são atenciosos e simpáticos. Super recomendo você se hospedar lá, não teve nada que me desagradou.

Park Royal Cancun
Vista de uma das duas piscinas

Ele fica na Bulevard Kukulcán, que é a avenida onde ficam os principais resorts e é a mesma avenida onde ficam as baladas (chamam de zona hoteleira).


Park Royal Cancun
Mar visto do hotel

Quase em frente a ele tem o Shopping “La Isla” e um pouco mais a frente (também dá para ir a pé), tem o Shopping “Plaza Kukulcán”, o que faz desse resort muito bem localizado.

La Isla: Shopping com variedade de lojas e opções para comer, tem um canal que atravessa o shopping e o fundo do shopping é aberto para a lagoa Nichupté. A parte mais legal é que dá para você ver o pôr do sol de lá e eu que amo apreciar o sol se pondo aonde quer que eu esteja, acabei perdendo essa oportunidade  =/
Então, não faça como eu, não deixe para o último dia. Vá conhecer o shopping mais para o fim da tarde e depois dê uma parada em frente à lagoa para ter mais uma bela visão em Cancun.


La Isla Cancun


La Isla Cancun

La Isla Cancun


Plaza Kukulcán: Esse shopping é muito bonito, na entrada principal tem uma fonte e o teto acima dela possui um vitral de 25 metros que remete à cultura maia. Possui lojas sofisticadas e abriga o museu da tequila. O Museu da Tequila fica dentro de uma loja que vende artesanato e itens para levar como lembrança de Cancun. Lá também é possível comprar a pura tequila composta de 100% de agave (planta utilizada para produção da tequila).


Plaza Kukulcán Cancun

Plaza Kukulcán Cancun

Plaza Kukulcán Cancun


Plaza Las Americas: Localizado na Avenida Tulum, é necessário pegar um ônibus na zona hoteleira para chegar até esse shopping. Ele não é ideal se você estiver indo só para passear, coisa que fiz nos outros dois shoppings. O Las Americas tem preços mais acessíveis, os moradores de Cancun também fazem compras por lá. Lá também tem um supermercado e uma loja da C&A, achei engraçado essa parte, ela é idêntica às daqui, só que com o preço em pesos (sou boba eu sei rs).

Comprei um perfume com preço muito bom na loja Ultra Femme. A vendedora nos deu 10% de desconto por sermos brasileiros, eba  \o/
Eu fiz os cálculos e realmente ela deu esse desconto além do preço da etiqueta, então fica aqui a minha dica =D

Caso suas compras em Cancun ultrapassem o valor de 1.200 pesos mexicanos, você pode solicitar a devolução do imposto. Para isso você deve comprar em lojas afiliadas à Moneyback/Taxback (identificadas com adesivo na vitrine) e guardar todos os cupons fiscais.

No aeroporto de Cancun existe um guichê da Taxback, onde você deve apresentar seus cupons fiscais, junto com o seu formulário de imigração, passaporte, cartão de embarque e cartão de crédito, se o utilizou nas compras.

Dentro de 40 dias seu reembolso será depositado na sua conta, que equivale por volta de 10% da sua compra. Caso gaste 5.000 pesos ou mais em apenas um produto, você terá que apresentar também a mercadoria comprada.

Agora vamos a alguns causos de Cancun haha. Em um dos dias que estávamos andando pela avenida Tulum, ficamos meio perdidos procurando aonde é que pegaríamos o ônibus de volta pro hotel. 

Foi então que perguntamos pra um mexicano que estava voltando para sua casa após um dia de trabalho e notamos como é difícil conversar em espanhol! Todos os funcionários do hotel falam um portunhol com a gente, mas como tem muito sotaque, a gente já acha que ta entendendo o “espanhol” deles e que eles entendem muito bem nosso português.

Mas na verdade, quando conversam realmente em espanhol, falam muito rápido e o mocinho também não manjava nada de português. O papo que duraria 5 minutos, passa a demorar 15 ou 20... mas no fim ele entendeu o que a gente precisava. Nos levou até o ponto do ônibus enquanto a gente ensinava o som do nosso alfabeto e ele por sua vez ensinou o seu. 

Foi aí que eu percebi que ele já tinha desviado do caminho pra casa dele só pra assegurar que a gente iria chegar no ponto certinho. Foi incrível gente! Turistas perdidos à noite e ele, apesar de todo tímido, foi conversando com a gente, interagindo e ainda fez questão de deixar a gente no ponto, isso fez meu dia!

Outra coisa que aconteceu (essa é até meio engraçada) foi quando eu ía nos banheiros de restaurantes e baladas. Sempre tem uma moça cuidando do banheiro; ela deixa tudo limpinho e faz tudo por você no banheiro.. hahahah

Tipo assim, vou lavar a mão: ela aperta o botão do sabão, é só colocar a mão embaixo. Depois que você enxágua suas mãos, ela já está com o papel na mão, pronta pra te entregar para que se seque. Muito prestativas, não?  :P  E é claro, tem sempre aquelas caixinhas de gorjetas no banheiro.

Além de pessoas boas e simpáticas que encontrei lá, percebi que os mexicanos gostam bastante de brasileiros. Fiquei com uma ótima impressão de lá o que tornou Cancun uma viagem perfeita.


Museu da Tequila Cancun
Vendedora vestindo uma roupa típica

Afinal, uma paisagem incrível, ótima infraestrutura e atendimento, pessoas felizes e simpáticas, quero mais o que!  =)

Me desculpe se o post ficou muito longo e cheio de texto, mas achei que seria legal compartilhar isso com você. Se leu até aqui, me diga o que achou!

Agora eu quero saber o que é mais importante em uma viagem pra você. São os passeios? O agito? Comer bem? Ou ficar de boa relaxando? rs

Beijos.

Veja também:

2 comentários

Obrigada por comentar! =)

Se inscreva no Canal